::after

Falando um pouco do Forró

O forró caracteriza uma das maiores manifestações musicais do nordeste brasileiro, que sá, do Brasil. Possui em sua essência uma levada composta de diversos outros ritmos, como o baião, o coco, o xaxado e o xote, e é por isso que encanta e balança muitas pessoas.
Forró Dunas de Itaúnas

O forró pé-de serra, tem como principal representante Luiz Gonzaga, o Rei do Baião. A rica poesia de Gonzagão, combinada com ritmos animados, se faz presente até os dias atuais, mesmo que o seu legado e musicalidade tenham sido passados adiante após a sua morte.

Vários nomes compõem o cenário nacional e fortalecem o movimento do forró pé-de-serra contemporâneo. Seja por meio do cuidado dos novos artistas em valorizar as músicas do passado e inclui-las nos repertórios dos shows, seja pelas composições novas que adotam a mesma poesia e ritmos de Luiz Gonzaga, ou até mesmo, pelos amantes da dança que dão continuidade aos passes e aos bailes que surgiram lá no antigo nordeste.

Forró em Belo Horizonte

Em Belo-Horizonte/MG, a cena do forró pé-de-serra é muito forte. De segunda à segunda-feira é possível sair para dançar em distintas casas noturnas. Aos Domingos, “Forró da Útopica” e “Forró do Observatório”. Às Segundas-Feiras, “Forró da Casa”. Às Terças-feiras, “Forró Cheio de Graça”. Às Quartas-Feiras, o “Forró do Baú”. às Quintas-Feiras, “Forró do Ziriguidun” e “Forró da Savassi”. Às Sextas-Feiras, o “Forró do Recanto”, “Forró da Serra” e Forró do Trevo”. Aos Sábados, “Forró da Lua”.

Projeto Pé na Areia

Forró de Itaúnas - FENFIT
O Projeto Pé na Areia nasceu para atender a necessidade de guiar os forrózeiros de BH até a cidade do forró: Dunas de Itaúnas no Espírito Santo.

Nas altas temporadas, turistas de todo o Brasil se reúnem em Itaúnas. A vila é muito aconchegante e o forrózinho não para nunca. O “Buraco do Tatu” e o “Bar Forró” são as duas maiores casas de show do local e em vários períodos do ano nomes da música pé-de-serra fazem shows por lá, garantindo uma programação animada sempre.

Paralelamente, a excursão de Caraíva na Bahia possui o sucesso. Na minúscula vila cercada de Mata Atlântica e paisagens inacreditáveis também não falta forró. Após o circuito gastronômico nos restaurantes da cidade, consequentemente os turistas acabam saindo para dançar, o “Forró do Ouriço” e “Forró do Pelé” revezam a programação das noites na vila e agitam os palcos com bandas do cenário nacional.

Tanto em Dunas de Itaúnas, quanto em Caraíva, é fácil escutar pelas esquinas coisas do tipo: “paraíso alucinado”, “Óh vida maravilhosa”, “não tem lugar igual a este”, “que tranquilidade”, “dia bom!”… Com muitas risadas na sequência.

Há 18 anos o Projeto Pé na Areia proporciona viagens inesquecíveis, e isso tudo graças a cada um de vocês! Só temos que agradecer a todos clientes, amigos e parceiros pela confiança e fidelidade.

A benção ao mestre Zinho, Dominguinhos e ao Rei Luiz Gonzaga! As estrelas que nos protegem e brilham alto no ceú.

Um salve a Dió de Araújo e ao Trio Xamêgo, assim como, Tiziu do Araripe, Azulão, Alceu Valença, Elba Ramalho, Trio Dona Zefa, Trio Virgulino, Trio Potiguá, Falamansa, Forróçacana, Os 3 do Nordeste, Os 4 Mensageiros, Arleno Farias, Trio Lampião, Trio Balancê, Raízes do Sertão, Forró Moleque, Trio Juazeiro, Trio Arrastapé, Trio Alvorada, Coisa de Zé, Mestrinho, Trio Juriti, Trio Sabiá, Edson Duarte, Diego Oliveira, Meketrefe, Sarapatel com Pimenta, Triangulo Caraíva, Trio Bastião, Trio Forrozão, Trio Juazeiro, Trio Candieiro e a todos os outros que já encontramos e ainda vamos encontrar em nossas viagens.

Fale Conosco

Preencha o formulário ou escolha uma opção abaixo para contato:
Agência: 31 3273-2699
Alexandre: 31 9 8309-9787
Glauber: 31 9 9291-1591
Av. João Pinheiro, 39 - 9° andar - Sala 95 - Funcionários - BH / MG